capa-blog-qrcode

QR CODE E COMO UTILIZAR EM SUAS ESTRATÉGIAS DE MARKETING

O qr code é uma etiqueta e pode tanto ser utilizada digitalmente ou impressa, com o intuito de redirecionar o usuário para alguma página, conteúdo ou oferta.

Com a possibilidade de explorar este recurso no marketing é uma ferramenta que pode ser uma grande aliada.

Com o avanço das tecnologias de acesso, como o smartphone, a ferramenta se tornou cada vez mais funcional, o que permitiu explorar o uso do QR Code em diversas estratégias de Marketing.

O que é QR Code?

QRCodes são etiquetas de códigos rápido que dão acesso a conteúdos e páginas através da sua leitura. Em uma breve comparação podemos dizer que funciona como um código de barras, porém ao invés de utilizar de um leitor convencional, utiliza-se a própria câmera do smartphone.

Após a leitura do QRcode o usuário e redirecionado automaticamente a página de destino. Isso torna a utilização ainda mais rápida, fazendo jus ao conceito que foi pensado para esse tipo de ferramenta.

A tecnologia evoluiu ao ponto de eliminar a necessidade de um aplicativo específico para a leitura do código, o que atualmente pode ser feito diretamente por meio da câmera dos celulares.

O funcionamento

O funcionamento é bem simples: todo QR Code tem um destino associado a ele, ou seja, a leitura vai direcionar para um link ou executará uma ação qualquer, como o envio de uma mensagem.

Além da ideia de uma maior interatividade com seu público a possibilidade de ofertas exclusivas para quem utiliza desse recurso.

Além dessa ideia de interatividade e de oferta, outro ponto importante diz respeito ao público que pode se utilizar dessa ação. Afinal, só no Brasil, existem 230 milhões de smartphones em uso.

Muita gente já pode ter a facilidade de simplesmente apontar a câmera para um código e explorar um novo conteúdo.

As vantagens

A aplicação do QR Code em uma estratégia de Marketing apresenta vantagens muito claras e que podem ser percebidas conforme os resultados se apresentam.

engajamento com a oferta de conteúdos extensivos ao produto;

  • satisfação do cliente por aproveitar vantagens;
  • relacionamento fortalecido, graças às possibilidades de atendimento;
  • aumento das conversões com o direcionamento a landing pages;
  • aumento da interatividade com conteúdos diversos.

Como usar o QR Code nas estratégias de Marketing?

Por conta de seu funcionamento, essas etiquetas são aplicadas mais frequentemente em duas ocasiões: na oferta de algum conteúdo ou de maneira informativa. Por isso, há amplas possibilidades de explorar isso no Marketing.

Assim, o consumidor pode se interessar por interagir e consumir, não importa o que, desde que trate-se de algo do seu interesse.

A seguir, veja as principais formas de usar o QR Code, como são aplicadas e como elas geram resultados que as empresas estão sempre em busca.

Oferecer conteúdos exclusivos

Com a possibilidade de direcionar o usuário para diversas áreas, conteúdos ou links personalizados, e ofertas exclusivas.

Também é possível direcionar o QR Code para um cupom de desconto a ser utilizado em vários canais. Por exemplo, uma ação física pode distribuir um código que leve até uma landing page com o desconto a ser aplicado em um e-commerce, já integrando o benefício à compra.

As 4 principais ferramentas para criar um QRCode?

1 – Nuvemshop

O gerador de QR Code da Nuvemshop oferece, como bônus um infográfico exclusivo com cinco dicas para utilizar o código de forma criativa nas campanhas para o seu negócio.

2 – QRHacker

Com uma interface bastante intrigante, o QRHacker traz diversas possibilidades de personalização de conteúdo e até mesmo dos códigos.

3 – Unitag

A Interface do site da Unitag é simples, intuitiva e divide o trabalho em duas etapas: a primeira é voltada a definir o que estará integrado ao código, enquanto a segunda permite personalizar a parte gráfica.

Até mesmo o logotipo da empresa pode ser inserido, o que reforça como o Unitag é uma das melhores ferramentas para QR Code.

4 – QR Code Monkey

O QR Code Monkey é mais uma das opções entre as ferramentas consideradas premium, mesmo sendo gratuita.

Este foi o artigo de hoje.

Grande abraço e até o próximo post.

Miguel Gomes
Gerente de Contas.