Sincro-Blog-Podcast_large

PODCAST: O QUE É E COMO FAZER

Criar conteúdo em formato podcast é mais fácil do que se imagina. Conheça algumas técnicas e segredos para auxiliar você no processo! Podcast é um conteúdo em áudio, disponibilizado através de um arquivo ou streaming, que conta com a vantagem de ser escutado sob demanda, quando o usuário desejar. Pode ser ouvido em diversos dispositivos, o que ajudou na sua popularização, e costuma abordar um assunto específico para construir uma audiência fiel.

O que é podcast?

Podcasts são como rádios, mas o conteúdo é sob demanda e está disponível para os ouvintes quando quiserem. Os formatos são poderosos e podem levar à informação, educação, entretenimento etc. Ou seja: a criatividade não tem limites. No passado, ouvir o conteúdo só podia ser reproduzido visitando o site do provedor ou baixando-o para um computador, de forma totalmente manual. Mas não é a forma ideal de ouvir podcasts, porque os internautas precisam visitar o site. Até 2004, Adam Curry criou uma maneira automatizada de acessar episódios de podcast para esse conteúdo: o agregador de podcast. É assim que funciona até hoje.

Como ouvir seus podcasts favoritos?

As pessoas interessadas acompanham direto do smartphone ou no computador o lançamento de cada novo episódio de forma totalmente automática. Podendo, assim, ouvir direto do aplicativo do celular (o agregador de podcasts) ou baixar para ouvir offline. Além disso, as principais plataformas de streaming do mercado, como Spotify e Deezer, também possuem podcasts. Uma das vantagens do podcast é o fato de ter baixa transferência de largura de banda e não consumir tanto como os vídeos, o que resulta em economia no uso dos dados da operadora de telefonia móvel.

Exemplos de plataformas de podcast:

Android


IPhone

 

O Spotify vem se tornando, gradualmente, o tocador de podcasts mais popular do mundo. A familiaridade de seus usuários com a interface, por causa das músicas, está acelerando esse processo ruma à liderança.

Como criar um podcast para sua empresa

Muita gente quer saber como começar um podcast. Os motivos vão desde gerar engajamento para a marca até a geração de Leads, passando pela boa e velha educação de mercado. A seguir, vamos falar sobre como você pode planejar, gravar, editar e publicar um.

1. Planejar

Criar um bom plano é um passo essencial que não pode ser ignorado. É aqui que o que queremos alcançar será definido como agradar e fidelizar o público, por isso é uma tarefa que exige muita atenção e cuidado. Antes de considerar como gravar seu podcast, você deve planejar o seguinte:

- Público

Identificar seu público é importante para entender o vocabulário que você usará. Você deve falar no idioma das pessoas que ouvem seu podcast – simples ou complexo, informal ou formal.

- Concorrência

Tente ser diferente da concorrência. É bom ouvir modelos concorrentes, mas também é bom ouvir outros modelos de sucesso. No entanto, o modelo ideal é aquele que atrai o público. Tentar não é o problema, o problema é não tentar, então, com o tempo, tente ver os modelos que mais interessam ao seu público.

- Tema

Definir um tema e o formato é importante, por exemplo: bate-papo, mesa redonda, debate, informativo, educativo, storytelling, entrevista, dissertativo, dentre outros. Mas, além disso, é fundamental falar sobre algo que você domine.

- Conteúdo

Depois de definir um tema, é importante planejar o conteúdo. Logo, crie um checklist para todo o episódio, pois ele vai ajudar muito a não esquecer de nada durante a gravação e assim cobrir todo o tema.

- Convidados

Entrevistar convidados é muito interessante, afinal, eles podem acabar compartilhando o conteúdo do podcast nas redes sociais e, assim, aumentar ainda mais a audiência.

- Personalidade

O podcast tem um alto poder de fidelização, já que ouvir a voz de alguém é diferente de ler um texto. Assim, criar sua própria personalidade é fundamental. O tom da voz, as brincadeiras, as frases e os jargões ficam muito caracterizados.

- Frequência

Manter uma frequência ajuda a engajar e a manter a audiência conectada ao seu conteúdo. Se possível, escolha dias fixos da semana e mantenha um calendário consistente para publicar. Quando começar os trabalhos, não pare: tenha sempre uma regularidade nas publicações e evite ao máximo ficar meses sem publicar.

- Roteiro

Depois de todo o planejamento definido, chegou a hora de dar vida ao podcast e criar o roteiro! Ele é útil para não se perder no assunto, porém, não se prenda totalmente a ele, deixe o papo fluir naturalmente e, caso seja necessário, volte ao roteiro para dar continuidade ao tema planejado.

 

Veja um exemplo de roteiro:

  1. Vinheta de início;
  2. Apresentação dos locutores;
  3. Falar data de publicação e o tema do podcast do dia;
  4. Rápida introdução para prender o público ao assunto;
  5. Vinheta transitória para avisar que vai começar;
  6. Primeiros avisos e convite para CTA;
  7. Falar sobre todo o tema do checklist;
  8. Preparar para o encerramento;
  9. Vinheta rápida transitória para avisar que vai terminar;
  10. Últimos avisos e convite para CTA;
  11. Encerramento.

- Voz

Tenha cuidado com a voz, principalmente se for um longo período de gravação. Procure sempre manter a garganta hidratada, bebendo bastante água.

- Treinar

Vamos lá! Ligue o gravador e comece a falar, treine gravações usando o próprio gravador do celular, autoavalie-se e peça para alguém avaliar você também.

2. Gravar

É o momento de iniciar a gravação, os participantes precisam estar em um ambiente confortável e silencioso. Criar uma sala com uma boa acústica é muito importante, pois além de fornecer uma excelente qualidade para o áudio, também poupará esforços de edição para minimizar ruídos.

- Microfone

Tenha cuidado ao achar que com um bom microfone não será preciso ter uma boa acústica, pois, se for assim, de nada adiantará ter um microfone de excelente qualidade. Se você usar microfone headset, procure deixá-lo acima ou abaixo da boca, para minimizar sopros e ruídos durante a gravação. Mas, caso queira qualidade, vale a pena pesquisar por microfones profissionais. No mercado existem muitas opções, e a escolha vai depender do local e de como será a gravação do podcast: se será individual, em grupo, em sala grande ou pequena. Recomenda-se pesquisar e conversar com um profissional que entenda do assunto.

- Ambiente

Falando um pouco sobre o ambiente, atente-se ao isolamento acústico para evitar ruídos externos e também ao controle de reverberação – em estúdios profissionais são usadas espumas onduladas para minimizar o reflexo do som.

- Softwares

Estando tudo pronto para a gravação, chegou o momento de definir como será gravado o podcast. Existem diversos softwares no mercado, mas, como o podcast não exige muita complexidade para gravação e edição, aconselhamos usar o famoso Audacity, que é um software livre profissional, disponível para Windows, Linux e Mac. Se você optar por também realizar seus episódios em vídeo, pode gravar usando o Google Meet ou o Zoom, para depois editar e disponibilizar o áudio nas plataformas de podcast e o vídeo no seu canal no Youtube, por exemplo.

Lembrando que para distribuir seu podcast nas plataformas de áudio é necessário usar uma ferramenta de hospedagem e geração de feed RSS, que vamos nos aprofundar no item 4. Uma dessas plataformas é o Anchor, que é do próprio Spotify e que, além de permitir a hospedagem e distribuição do podcast para as principais plataformas, também permite gravar diretamente pelo seu aplicativo, inclusive com convidados.

3. Editar

Se você nunca editou um arquivo de áudio, essa pode ser uma etapa um pouco difícil, mas é fundamental. Aqui apresentamos algumas técnicas que vão facilitar a edição e deixar o áudio com uma excelente qualidade. Antes de começar, certifique-se de que você tem guardado um backup do arquivo de áudio da gravação original, para evitar possíveis problemas de alguma edição errada.

Outros sites úteis para criar podcasts

Segue uma lista de sites que disponibilizam músicas e efeitos para serem adicionados ao seu projeto:


Uma dica bem legal, caso queira utilizar algum som de fundo, é usar o efeito Auto Duck. Ele aumenta e diminui automaticamente o volume da música, de acordo com o áudio da voz dos participantes. Para usar esse efeito, basta inserir a música na primeira pista do Audacity, selecioná-la e ajustar o efeito conforme a necessidade.

Assim que concluir a edição, você precisa exportar o projeto final para um arquivo de áudio em mp3. Selecione a qualidade de 96KBps, pois esta é uma qualidade excelente para conteúdo podcast.

4. Publicar

Para publicar um podcast, você precisa basicamente de dois requisitos: um lugar para hospedar e um Feed RSS para ser lido pelos aplicativos agregadores de podcasts.

- Como publicar um podcast no Spotify (via Anchor)

Como já mencionado na etapa de gravação, o Anchor, que foi comprado pelo Spotify, é uma ferramenta que permite gravar, editar, hospedar e distribuir os episódios do seu podcast automaticamente nas principais plataformas de áudio, incluindo Spotify, Pocket Casts, RadioPublic e Breaker. Além disso, com o feed RSS gerado também é possível integrar ao Google Podcasts, Apple Podcasts e todas as outras plataformas disponíveis.

Quer saber como seus episódios estão performando? Quem está ouvindo? De onde são? Como vivem? Na ferramenta você conta com um relatório de episódios e audiência, onde é possível entender tudo isso e muito mais.

Lembrando que a ferramenta é totalmente gratuita, com hospedagem ilimitada e todas as ferramentas necessárias para seu projeto sair do papel.

O porquê você precisa garantir seus episódios no Spotify? Além de streaming de músicas, ele está chamando a atenção também como biblioteca de podcasts: no terceiro trimestre de 2021, a empresa chegou a um total de 3,2 milhões de podcasts – contra 2,9 milhões no trimestre anterior. Além disso, o app verdinho passou o Apple Podcasts nos Estados Unidos em usuários, país em que 40% da população ouve ao menos um podcast por mês.

Ao publicar usando o Anchor, geralmente alguns minutos são o suficiente para já estar disponível no Spotify (nas outras plataformas geralmente leva mais tempo), desde que siga as regras do site – basicamente não infringir nenhuma lei de copyright. Depois é só divulgar!

Vale destacar que, recentemente, o Spotify começou a testar uma nova forma de monetização, com anúncios clicáveis em podcasts. Além disso, atualmente estão com uma iniciativa de monetização no Anchor, onde é possível cobrar uma assinatura por conteúdos exclusivos, mas no momento só é possível utilizar nos Estados Unidos.

- Como publicar no Soundcloud

Vale falar também do Soundcloud, uma plataforma completa que, além de ter esses requisitos, também conta com ferramentas de estatísticas de audiência, permite comentários, seguir e ser seguido como padrão de rede sociais.

É uma boa alternativa ao Anchor, com opção para armazenamento gratuito de até 3 horas de áudio. Após esse tempo, só é possível adicionar novos arquivos se remover um conteúdo antigo ou adquirir algum plano.

O próprio site tem um passo a passo completo, explicando detalhadamente como fazer todas as configurações, que basicamente são:

  • Criar uma conta;
  • Preencher as informações de perfil;
  • Ajustar as configurações de conteúdo;
  • Enviar o feed;
  • Analisar as estatísticas.


Confira as instruções detalhadas no link do próprio site
https://on.soundcloud.com/creator-guide/podcasting

Então é isso, gostou de nossas dicas?
Em caso de dúvidas, entre em contato com um de nossos consultores de marketing digital.

Grande abraço e até o próximo post.

Miguel Gomes.