MARK ZUCKERBERG ESTÁ OBCECADO COM O METAVERSO, DIZEM FUNCIONÁRIOS DO META

mark-zuckerberg-esta-obcecado-com-o-metaverso-capa-blog-27-04

Desde o anúncio sobre o metaverso o CEO do grupo META, Mark Zuckerberg “está obcecado” segundo afirmações de funcionários e ex-funcionários da empresa.

De acordo com depoimentos, Mark Zuckerberg está tão focado no desenvolvimento da tecnologia que chega a se tornar o único assunto a ser comentado dentro da empresa. A situação está tão séria que funcionários e pessoas do alto escalão ligadas diretamente a Zuckerberg se sentem frustradas e até mesmo se desligaram do grupo META.

“É a única coisa que Mark quer falar”, disse um ex-funcionário de nível de diretoria que saiu recentemente da empresa.

O metaverso é o que muitos consideram ser o futuro da internet, a próxima grande era de nossa vida online. No metaverso, toda nossa experiência seria 100% virtual, através de avatares que interagiriam entre si nesse novo ambiente.

Muitos já declararam entusiasmo por essa nova tecnologia. O próprio Bill Gates chegou a afirmar que, daqui a três anos, a maioria das reuniões de trabalho acontecerá no metaverso.

Outro colaborador afirmou que as decisões recentes de Zuckerberg estão “basicamente fomentando a desorganização e a ansiedade”. Segundo a fonte, “as pessoas realmente parecem não saber o que entregar ou no que trabalhar, porque ainda não há uma estratégia coerente”

Equipes específicas

O Meta está criando equipes específicas para o projeto. Os funcionários terão de começar a informar às pessoas que existe um “manual do metaverso”, tipo uma política interna da empresa, com profissionais para criar, informar e manter a prática da realidade virtual como uma nova premissa de comportamento e atividades.

Um porta-voz da empresa afirmou que ela está “passando por um período de definição e estamos indo com tudo. Muitas pessoas estão animadas, mas têm muitas perguntas ao mesmo tempo”, afirmou.

Projeto de longo prazo

Zuckerberg disse que o metaverso é um projeto a longo prazo e que não será totalmente desenvolvido por uma década ou mais. Até agora, há pouco a mostrar para tanto dinheiro gasto, de acordo com outro funcionário que saiu recentemente.

Ao todo Zuckerberg estima investir mais de US$ 200 milhões na sua projeção do metaverso, incluindo cerca de US$ 150 milhões na formação de novos programadores e desenvolvedores capacitados para construir os ambientes e funcionalidades que deverão ser utilizadas dentro deste universo paralelo.

Conclusão

Bom, em minha opinião, nenhum projeto revolucionário se firmou da noite para o dia. Leva-se tempo para as pessoas assimilarem as informações e abraçarem o projeto.

Para os nascidos nos anos 90, a ideia de metaverso começa a trazer os primeiros traços da vida no futuro que víamos nos filmes, é natural a empolgação, mas devemos ser pacientes e confiar que o projeto está em boas mãos e que será divulgado ao público no momento certo.

Tenho certeza que até isso acontecer, a vasta equipe de comunicação do grupo Meta se encarregará de deixar o público apar das novidades, trazendo mais naturalidade ao longo do lançamento, assim quando chegar a hora do projeto vir a público, as pessoas terão mais familiaridade com a tecnologia exposta.

Esta foi a notícia de hoje.

Grande abraço e até o próximo artigo.

Rafaela Rodrigues
Gerente de Contas.