capa-blog-agencia-mcommerce-280622

M-commerce: o poder na palma da mão

É inegável que hoje em dia não vivemos mais sem nossos smartphones. A evolução da tecnologia mobile, além de dispositivos interativos personalizados com as nossas músicas preferidas, registrando os melhores momentos com acesso às câmeras fotográficas cada vez mais potentes, possibilitou que a nossa vida passasse a se conectar rapidamente com qualquer pessoa, empresa ou instituição por meio da internet. Ganhamos acesso a mais informação, conhecimento gratuito com a busca do Google e criamos conexões nas redes sociais.

Como o crescimento das nossas necessidades é inevitável, tanta facilidade favoreceu e alavancou a evolução da forma como consumimos bens e serviços, revolucionando nosso dia a dia. Vimos que é possível realizar transações, vender e comprar produtos em uma loja on-line, divulgar esses mesmos produtos por meio de ações de marketing digital, como e-mails e campanhas de ads. Passamos de clientes para usuários e de usuários para influencers ou haters.

Nesse ponto, entendemos o quanto a experiência do cliente é relevante para o sucesso e a fidelização de um negócio. O conceito de e-commerce com produtos variados, um esquema de logística eficaz e formas de pagamento seguras não são mais suficientes para garantir a plena satisfação desses novos consumidores: é preciso tornar a experiência de compra cada vez mais acessível, fácil, adaptável. Por isso o conceito de mobile commerce se tornou uma enorme vantagem competitiva.

Não é à toa que o próprio Google, por meio das estratégias de SEO, busca privilegiar conteúdos e sites que contam com mais relevância e recursos diferenciados para o acesso mobile. Para isso, leva em questão a velocidade de consumo das informações, a personalização da experiência e o acesso fácil e responsivo aos produtos e serviços por meio de aplicativos.

Junto disso tudo, existe a possibilidade de realizar pagamentos seguros com apenas um clique pela Amazon, a alternativa de consolidar nossos dados com carteiras virtuais, como Google Pay e Apple Pay, o uso de cartões de crédito virtuais e pagamentos por aproximação pelo próprio smartphone. Sem contar a tecnologia do Pix, que vem batendo recordes diários de transações, tornando possível que qualquer um   possa movimentar seus recursos de forma virtual.

Mas, afinal, o que é m-commerce?

É a evolução do comércio mobile no qual as transações são totalmente realizadas e concluídas por meio de smartphones ou tablets com conexão pela internet. Por se tratar de uma forma de comércio eletrônico, o m-commerce permite que os usuários acessem plataformas de compras on-line, e-commerces e marketplaces sem precisar usar um computador desktop.

Hoje podemos definir três vias possíveis para a realização dessas transações:

– Acesso a sites por meio do mobile;

– Aplicativos mobile;

– Marketplaces nas redes sociais.

Quais as vantagens de investir no m-commerce?

– Simplicidade: os usuários usam apenas dois dedos para executar as etapas, tornando a jornada de compra mais curta;

– Rapidez: interações mais rápidas;

– Facilidade de acesso aos produtos da loja: qualquer pessoa com um dispositivo     mobile se torna um cliente em potencial;

– Rastreamento de localização e personalização: por meio do GPS é possível enviar notificações e informações de rastreamento personalizadas, facilitando a conversão de mais vendas;

– Acesso às informações para facilitar a decisão de compra: a disponibilização de dados, como avaliações e depoimentos de experiências de outros consumidores, facilita a comparação de preços entre as variadas lojas on-line ou físicas, inclusive o acesso às características de produtos e overviews.

Mais exemplos de mobile commerce:

– Nubank;

– AirBnB;

– Ifood;

– Uber.

O grande desafio está em observar comportamentos e personalizar essas experiências para antecipar necessidades que vão ao encontro dos consumidores. Observar as tendências de mercado e as tecnológicas, e a coleta de feedbacks, nunca foi tão importante para se manter à frente da concorrência. A oferta e a construção contínua de um ecossistema que proporcione uma experiência intuitiva e ágil para os usuários mobile atenderão às necessidades de seus clientes e colocarão seu negócio pronto para o sucesso no cenário m-commerce.

Fique SINCROnizado com todas as nossas matérias, clique aqui e veja mais

Este foi o artigo de hoje.

Grande abraço e até o próximo post.

Miguel Gomes
Gerente de Contas.